drag and drop website builder

A Acupuntura

A acupuntura é um ramo da medicina tradicional chinesa e um método de tratamento complementar, de acordo com a nova terminologia da OMS. A técnica é milenar, sabendo-se hoje que a mais de 5.000 anos é utilizada no tratamento de pacientes na China. Ela se baseia em encontrar a harmonia entre o corpo e a mente, através de canais conhecidos como "meridianos de energia" que percorrem todo o corpo. O tratamento é feito com a inserção de agulhas em determinados pontos dos meridianos, os chamados "pontos de acupuntura" com o objetivo de fazer fluir as energias estagnadas que prejudicam o bom funcionamento do seu corpo. Diferentemente da medicina ocidental, a medicina tradicional chinesa acredita que o corpo deve ser tratado como um todo, não se fixando apenas em sintomas ou dores específicas, mas em todo um histórico e um diagnóstico geral do paciente. Por exemplo, uma dor de cabeça pode ter causa em um mau funcionamento do fígado ou do estômago, neste caso se deve tratar a origem do problema além dos sintomas, não apenas a dor. Assim, o diagnóstico para um tratamento engloba várias fases, incluindo exame de pulso, da língua, histórico familiar, etc. Na maioria das vezes a técnica é indolor, ou quando se sente algo, incomoda muito pouco. Outra aplicação pouco conhecida da acupuntura é o uso na estética, onde obtém excelentes resultados. É indicada para todos, incluindo crianças.

Como funciona?

Segundo o Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA), quando um ponto é estimulado, uma espécie de mensagem é enviada pelos nervos periféricos até o sistema nervoso central (medula e cérebro). Essa ação provoca “a liberação de substâncias químicas conhecidas como neurotransmissores, desencadeando uma série de efeitos importantes: analgésico, anti-inflamatório, relaxante muscular; além de uma ação moduladora sobre as emoções, os sistemas endócrino e imunológico e várias outras funções orgânicas”.

Técnicas e Cuidados

Além do uso de agulhas, a técnica mais conhecida, a acupuntura pode ser feita com sementes (de mostarda), pequenas esferas, calor (moxa), laser, estímulos elétricos (eletropuntura) e ventosas. O profissional, ao fazer o diagnóstico, irá decidir qual é a técnica indicada para cada caso. A técnica de ventosas, por exemplo, ficou famosa nas Olimpíadas do Rio da Janeiro, onde alguns atletas da equipe norte-americana, inluindo o multi-campeão Michael Phelps apareceram com manchas circulares nas competições mostrando que fazem uso da técnica.

Cuidados: O principal cuidado é com a assepsia. No caso do uso de agulhas, é necessário garantir que sejam usadas apenas agulhas descartáveis, evitando assim qualquer problema de transmissão de doenças.

Indicações mais comuns

Apneia do sono
Artrite
Artrose
Baixa libido
Cólicas menstruais

Depressão
Diabetes
DIsfunção erétil
Dores lombares/coluna
Ejaculação precoce 

Endometriose
Enxaqueca
Espondilite anquilosante
Gastrite/úlcera
Hipertensão 

Hipertireoidismo
Infertilidade
Insônia
Labirintite
Mioma uterino

Obesidade
Refluxo gastroesofágico
Rinite/sinusite
Stress
Tendinites

Endereço
Av. Brasil, 1885 - Campinas


Telefones
(19) 2519-1100
(19) 99445-9871 - Whatsapp


Mensagem
Use nosso formulário de contato